Torá

Código: E65W3GPTV Marca:
R$ 150,00 R$ 139,90
até 4x de R$ 34,97 sem juros
Comprar Estoque: 1 dia útil
    • 1x de R$ 139,90 sem juros
    • 2x de R$ 69,95 sem juros
    • 3x de R$ 46,63 sem juros
    • 4x de R$ 34,97 sem juros
    • 5x de R$ 30,53
  • R$ 139,90 Mercado Pago
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Esta preciosa obra apresenta o texto hebraico da Torá ao lado de sua tradução para o português. Mantendo intactas as interpretações dos comentaristas clássicos, e inspirada no Talmud e no Midrash, foi editada segundo as porções semanais de leitura e por capítulos e versículos, complementada por interessantes comentários e ilustrações.

A TRADUÇÃO DO  PENTATEUCO

Tem havido grande número de traduções totais ou parciais da Bíblia: desde o famoso Codex de Alcobaça até, em nossos dias, a tradução brasileira.  Algumas com extensos comentários, como a de Figueiredo. Dentre as traduções parciais convém destacar a dos Salmos de Santos Saraiva, com o título A Harpa d’lsrael. Esta tradução foi feita diretamente do hebraico acompanhada de excelentes comentários. O certo, porém, é que todas elas padecem das dificuldades decorrentes da natureza desse famoso livro.  Escrito em várias épocas, apresenta arcaísmos no seu contexto, por vezes tão obscuros que têm dado margem até a interpretações cerebrinas, e mais de uma vez, provocaram sérias controvérsias.
A obra do Rabino Matzliah, A Lei de Moisés, é a tradução dos cinco livros de Moisés, ou Pentateuco. Os pontos obscuros foram cuidadosamente estudados à luz da Tradição, quando a gramática e significado não correspondiam a um sentido perfeito do assunto explanado.
A palavra hebraica, como em todas as línguas, sofreu no correr dos séculos modificações semânticas de tal porte que, em certos trechos, seria um contra-senso traduzi-las pelo seu sentido da época da redação definitiva do livro. Das quatro formas de tradução cuja sigla é “PaRDeS”, ele preferiu o pexat, isto é, o sentido literal.  Mas aí é que se revela o tradutor, porquanto o significado das palavras varia. O Rabino Matzliah conseguiu encontrar nesses casos o verdadeiro significado como deve ser compreendido na estrutura da frase, desatando assim as inúmeras dificuldades que comumente se deparam ao tradutor.
Naturalmente o ilustre Rabi recorreu não só à língua hebraica, de que é excelente conhecedor, como também aos grandes Mestres do Talmud e da Tradição, assim como da vastíssima literatura rabínica para conseguir afinal esclarecer as dúvidas ocorrentes em tais trechos.
Os Profetas que se lêem na Sinagoga depois da Parashá aí estão representados nos excertos para esse fim selecionados, também foram traduzidos com esmero.  Entre esses trechos se encontram as chamadas Haftarot de Consolação, extraídas de lsaías, as quais apresentam dificuldades que são, por vezes, insuperáveis. Contudo, o Rabino Matzliah soube ultrapassar os escolhos e apresentar uma tradução certa e compreensível. Agora, o israelita brasileiro pode com segurança acompanhar na Lei de Moisés a leitura das Parashiot, e também das Haftarot que se recitam aos sábados nas Sinagogas.
Em suma, este trabalho está destinado a representar no Brasil e para a língua portuguesa o que a tradução do Pentateuco do Grão Rabino L. Wogue representou para a língua francesa no século passado, ainda hoje consultada com proveito.


Rio de Janeiro, setembro de 1962
David José Pérez

Recursos 

  • Informa durante a tradução com notas
  • Comentarios básicos e reflexivos
  • Estilo do contextuais diversificados
  • Informações geográficas compara e sugere de modo diversificado

Caracteristicas 

Tradução: Torá

Idioma:  Português 

Capa:  Azul

Acabamento: Capa dura 

Medida: 16,5X24 

R$ 150,00 R$ 139,90
até 4x de R$ 34,97 sem juros
Comprar Estoque: 1 dia útil
Pague com
  • Mercado Pago
Selos

Maria Imaculada Ferreira Livraria - ME - CNPJ: 13.370.263/0001-34 © Todos os direitos reservados. 2019